Skip links

Empreendedorismo feminino

O cenário para o empreendedorismo feminino é desafiador. Ainda que haja potencial financeiro, a mulher precisa derrubar barreiras não encontradas por homens. Entretanto, de acordo com o levantamento mundial Global Entrepreneurship Monitor 2017, realizado em parceria com o Sebrae, mais de metade dos novos negócios abertos em 2016 foi fundada por mulheres.

Mulheres são mais escolarizadas do que os homens empreendedores e atuam, principalmente, no setor de serviços. “A taxa de empreendimentos iniciados no país, desde 2007, oscila entre 47% e 54% para homens e mulheres. Em 2016, a taxa foi de 48,5% para homens e 51,5 % para mulheres”, afirma a especialista em empreendedorismo Hilka Machado, professora da Universidade do Oeste de Santa Catarina.

Ainda que não seja uma regra, a versatilidade feminina pode contribuir muito para o mundo corporativo. Antecipar uma necessidade, facilidade de gestão, receptibilidade à novas ideias e adaptabilidade para novas situações, são algumas características que dão fama à mulheres empreendedoras.

Diversos programas foram desenvolvidos para incentivar e apoiar o empreendedorismo feminino e a sociedade caminha para presença feminina ativa no mercado corporativo. Essa atuação não deve ser apenas um nicho de mercado ou definição de atuação, a presença feminina deve ser vista com a naturalidade que é devida.

A Diretora de Operações da Água Imaculada Brasil. Laura Álvarez, recebe diariamente mulheres interessadas em fazer parte do modelo de negócios que vem transformando o mercado das águas engarrafadas. Visite-nos!

Return to top of page